Quem é quem no “House of Cards Brasília”

A rebelião do PMDB da Câmara contra o governo Dilma tem como líder um sujeito controverso: Eduardo Cunha, deputado mais famoso por seu apetite por cargos que por ideais na política. Num gesto de insatisfação contra Dilmão, Cunha reuniu deputados irritados com o tratamento do executivo e até ameaçou levar seu partido pra fora da aliança com o PT. O perfil agitador do parlamentar rendeu comparações inevitáveis ao sucesso “House of Cards”, do Netflix, protagonizado pelo genial Kevin Spacey, a Istoé colocou referência na capa, o Piauí Herald fez piada e o Estadão associou o personagem Frank Underwood ao deputado, que não gostou: “Não gostei. O cara é ladrão, gay e corno. Não posso me sentir identificado com um cara desses”. Ok, deputado, vou ignorar sua falta de identificação e dar um passo além: quem seria quem se existisse um “House of Cards Brasília”??

Image

Garrett Walker x Dilma Rousseff

Pouquíssima semelhança entre os dois, mas tanto Walker quanto Dilma vivem pedindo explicações pra sua base política sobre porquê seus projetos foram derrotados.

Image

Linda Vasquez x Ideli Salvatti

A chefe de gabinete de Walker e a secretária de Relações Institucionais de Dilma tem em comum a boa vontade em atender os desejos da chefia, mas as duas colecionam derrotas nas negociações com o Congresso.

Image

Jim Matthews x Michel Temer

Assim como Jim Matthews sonha em ter mais atenção do presidente (e maior participação no governo), Michel Temer vive se esforçando pra aparecer e mostrar serviço pra presidenta. Resta saber se Temer terá o mesmo destino que Jim…

Image

Donald Blythe x Cristóvam Buarque

O deputado que sonha em realizar uma reforma educacional profunda nos Estados Unidos tem seu semelhante na realidade brasileira. O senador Cristóvam Buarque tem algumas dúzias de projetos em tramitação que tratam do tema, também foi Ministro da Educação no governo Lula e esquecido nos episódios posteriores, assim como Donald.

Image

Peter Russo x —————————-

Por evitar censura ao blog ou a buscas no Google, não associaremos o nome do deputado Peter Russo, envolvido com entorpecentes, a nenhum político brasileiro. 

 

Anúncios

Atores de Cabeção e Mau Mau tiveram sorte diferente na televisão

Sérgio Hondjakoff e Cauã Reymond foram alçados ao sucesso pelos personagens Cabeção e Mau Mau, que dividiram a cena em pelo menos duas temporadas de “Malhação”, quando ambos eram jovens e péssimos atores. Porém o destino os colocou em caminhos diferentes: Cauã se deu bem na vida, Serginho foi jogado na vala comum das subcelebridades, onde disputa espaço em sites de fofoca com ex-panicats e ex-namoradas do Frota. Veja a seguir a cronologia da vida desses dois atores de partida idêntica, mas chegada diferente:

Imagem

Sérgio e Cauã na época em que eram parceiros de cena

2004

Enquanto Cauã já dava expediente na novela das sete, “Da cor do pecado”, como um dos filhos desajeitados da Mamuska, Sérgio sustentava o sucesso do seu personagem Cabeção e dava sinais de que seria o novo André Marques da Globo, com perspectivas de sair dali direto pro Video Show.

2005

Da novela das sete, Cauã pulou pro horário nobre na pele de Matheus, um michê que pegou a Fernanda Montenegro no final de “Belíssima”. O nosso Hondja seguiu na pele do nobre Cabeção, encerrando naquele ano sua participação antológica em “Malhação”.

2006/2007

Sérgio saiu de “Malhação” para “Pé na Jaca”, em que interpretava o herdeiro de grandes negócios que preferia ter uma vida religiosa. Cauã deu uma descansada na imagem pra voltar em 2007 na novela “Eterna Magia” e de quebra pegar a Grazi Massafera.

2008

Cauã emplaca mais um personagem na faixa das oito, com Halley de “A Favorita”, Sérgio faz “pontas”.

2009

Sérgio vai pra segunda divisão. Na Record, se torna Max, o irmão de “Bela, a Feia”. Cauã fica de boas.

2010/2011/2012/2013

Cauã emenda um sucesso no outro, faz “Avenida Brasil”, faz propaganda com a Grazi, faz filhos com a mesma, faz “Amores Roubados”, separa-se de Grazi, pega Ísis. Serginho desaparece da mídia e retorna em uma série de notícias que merecem atenção:

– O ator aparece em vídeo íntimo ao lado de brinquedos íntimos: http://bit.ly/O1mteA

– O ator posta foto de cueca e se arrepende: http://glo.bo/1gcQ9Nt

– O ator pede emprego no Facebook e lança música: http://bit.ly/1bV4kqO

– O ator se junta ao sindicato de ex-atores de Malhação para atuar em série na internet: http://glo.bo/1fuceFG

– O ator é barrado no camarim de Anitta: http://glo.bo/1g9YEZP

Imagem

Sérgio e Cauã nos dias atuais :/

Essa foi a triste história de dois atores que seguiram rumos diferentes: um se tornou divo, o outro foi barrado no camarote da Anitta.

Idosa é internada após assistir cinco novelas seguidas na Globo

A estratégia de colocar “Caras e Bocas” coladinha em “Malhação” pode ter rendido bons frutos pra audiência da Globo, mas provocou uma tragédia na família de Nieta Moraes, de 72 anos, que foi internada às pressas depois de assistir cinco novelas seguidas.  Segundo a filha mais nova, Carolina Moraes, a mãe não estava acostumada com os dramas adolescentes de “Malhação” e sentiu algumas dores no peito, mas teve melhoras ao assistir a trama das seis, “Joia Rara”.

“Ela ficou meio confusa com a trama de ‘Além do Horizonte’, mas ainda assim não arredou o pé de frente da televisão”, relatou Carolina. A senhora teria se levantado para tomar mingau durante o Jornal Nacional e chegou a comentar sobre a atuação de Rodrigo Simas. “Na hora da novela das oito ela ficou meio desesperada com a Vanessa Gerbelli tentando roubar a filha da empregada e desmaiou quando descobriu que o Virgílio tinha se transformado no Humberto Martins”. A senhora foi atendida pelo Samu e levada para um hospital, onde está sob observação.

Dona Nieta vidrada na TV

Dona Nieta vidrada na TV

Dissecando “Indiretas Já”, do Comédia MTV

O clip que encerrou o Comédia MTV desta quinta (24) mostrou mais uma vez que o humor feito na emissora é o melhor da atualidade na televisão brasileira. Atirando pra todos os lados, Marcelo Adnet e seus companheiros fizeram paródia de Roda Viva, do Chico Buarque. Efeitos reproduziram a imagem da televisão na década de 60, época dos grandes festivais. Já a letra da música colocou todo mundo na roda, de apresentadores a políticos. São tantas referências que é preciso ver e rever o vídeo pra captar todas. Pra facilitar seu trabalho, tentei compilar as indiretas lançadas. Se alguém conseguir achar mais informações nas entrelinhas, favor se manifestar nos comentários.

Indiretas Já

Plim Plim coloriu 89
Editou pra não ver Lulalá

Sobre o episódio da edição do debate entre Collor e Lula no segundo turno das eleições de 1989, que privilegiou o primeiro.

Olimpíada não se promove

Sobre a omissão da Globo em relação às Olimpíadas 2012, cujos direitos de transmissão são da concorrente Record.

É bueno a boca calar

O episódio do Cala Boca, Galvão (Bueno), da época da Copa. (dica do leitor Guilherme Serafim)

Liberta a raposa do cabo

Sobre a demora da NET e Sky em liberar o sinal do Fox Sports, depois deste ter tirado a transmissão da Libertadores dos canais Sportv, da Globosat, que já foi sócia das duas primeiras.

Chato que não deu pra acabar

O filme Chatô, Rei do Brasil, produzido pro Guilherme Fontes, que consumiu milhões de reais e nunca ficou pronto (dica do @leosilvo)

Tem cenoura no angu do Gomes
Veste a carapuça pra lá

Sobre a lenda do Mário Gomes

Todo mundo já foi pra Band
Tem argentino, tem arregão

Sobre as recentes contratações da Band: Diego Guebel, diretor artístico e argentino, e a galera do Pânico, que leva ao ar o quadro “O maior arregão do mundo”.


Quem mexeu com os garis ontem
Vai virar piada amanhã

Sobre a polêmica do Boris Casoy com os garis e o quadro Jornal do Boris, estrelado por Carioca no Pânico na TV!

Nem tudo é possível sem flores
Marido falou muito mais

Sobre a briga entre Ana Hickmann, apresentadora do Tudo é Possível e Cris Flores, e a boca sem freio do marido da ex-modelo ao falar da Adriane Galisteu, apresentadora do Muito Mais. (dica da leitora Vitória Nunes)

 

Papa raso quem não teve fama

Sobre a cobertura de subcelebridades, que rola com mais frequência no TV Fama.

Erra sete pra desinformar

Portal R7, da Record.

Tem gente que não é criativa, copia faz mix por lá

Sobre a Mix TV que tem programação similar a da MTV

Mas quando a casseta vai fundo
nem adianta miar

Sobre o novo programa Casseta e Planeta Vai Fundo e a nova contratada Miá Mello.

Agora é tarde

Programa do Danilo Gentili

Saturday agora é sunday

Sobre o Saturday Night Live Brasil que, apesar do nome, será exibido aos domingos (mas segundo o Rafinha não tem problema porque ninguém sabe o que é Saturday no Brasil, ok ok)

Quanto é que custa o Maracanã

Sobre as alterações no valor da construção do Maracanã, que deve custar quase R$ 1 bilhão.

A tarde é suja de sangue

Sobre o vespertino A Tarde é Sua, da Sônia Abrão, que privilegia o mundo cão.

O Rei fazendo operação

Cirurgias plásticas feitas pelo Dr.Rey no Dr.Hollywood

Pastor só sai de madrugada
Rebanho não pode enxergar

Onipresença dos pastores nas madrugadas, quando o “rebanho” já está dormindo (e não enxerga as movimentações escusas dos sacerdotes porque a fé os cega, tsá)

Dizem-me que quem não paga
Mais cedo ou mais tarde cai-cai

Pregação dos pastores de que quem não paga o dízimo deixa o diabo entrar em sua vida. O cai-cai é uma prática comum em igrejas pentecostais, em que os fiéis caem “possuídos” pelo Espírito Santo. Recentemente o Domingo Espetacular, da Record, lançou uma reportagem questionando a prática. Edir Macedo chegou a dizer que os praticantes do culto estão dominados não pelo Espírito Santo, mas por Satanás.

ET massageou minhas costas
Desculpe errei de tv

Sobre a história contada pela primeira-dama da Rede TV!, Daniela Albuquerque, em que teria sido massageada por um ET na adolescência (foi uma versão de “O que vi da vida” com ETs e  menor repercussão).

Está a maior zorra na praça
Só pra agradar Classe C

Sobre a zorratotalização da programação das TVs para agradar a nova Classe C (o fenômeno pode ser chamado também de prassenossificação)

Anãozinho, bunda gigante
tem dançarina, competição

Personagens e formatos presentes em programas populares.

Vai já pro sofá, figurante

Teste do sofá

Reality vale 1 milhão

Realities como BBB e A Fazenda, que pagam mais de 1 milhão de reais para os vencedores.

Um belo monte de artistas
Pra gota d’agua não cair

Vários artistas se reuniram para produzir o vídeo Gota d’agua, em que protestam contra a construção da Usina de Belo Monte.

Mas no delta da cachoeira
Tucano não pode sorrir

Sobre o escândalo envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira, a construtora Delta e governos tucanos no Centro-Oeste (e o petista Agnelo Queiroz)

Calou-se o prefeito na sombra
o André deu perda total

Sobre o assassinato do ex-prefeito petista de Santo André, Celso Daniel. Um dos suspeitos era o empresário Sérgio Gomes da Silva, conhecido como Sombra.

Ai que bom ter o mapa da mina

Tem uma lenda que diz que o pai do Eike Batista, Eliezer Batista, ex-executivo da Vale do Rio Doce,  teria deixado um mapa com informações privilegiadas sobre jazidas para o filhão.

(dica dos leitores Ivan Valério, Danilo e Rodolfo Pires)

Paris quem descobriu foi…. Cabral

Sobre as relações privilegiadas de empresários com o governo de Sérgio Cabral no Rio de Janeiro e suas constantes viagens para Paris com o secretariado.

Um tem sobrancelha gigante

Marcelo Adnet

Uma é caipira

Dani Calabresa

A outra é anã

Tatá Werneck

Um careca e outro fumante

Paulinho Serra e Bento Ribeiro

MTV acaba amanhã

Sobre os boatos de que a emissora estaria à venda.

Agora, o clipe:

(atualizado às 13h45)

O que não pode faltar em novela do Walcyr Carrasco

Walcyr Carrasco tem essa cara de que é bem chegado em bolo de cenoura com chocolate, fato já comprovado certa vez pelo Vídeo Show. Esse detalhe fofo na vida do Walcyr não ajuda em nada a entender as coincidências entre suas novelas, que podem falar de espíritos que encarnam em índias ou dinossauros e robôs, mas que nunca deixam de lado:

Núcleo da Roça

O sotaque desse núcleo é tão caricato quanto do Casamento da Roça da festinha junina mais próxima. Costuma ser composto de uma senhora mais velha, um cara bobalhão e mais uma ou duas moças solteiras. Banhos de lama são comuns nesse ambiente.

Animais

Os animais não ficam necessariamente na roça, mas sempre estão na novela. A vaca Estrela vivia no campo em “Chocolate com Pimenta”, a pata Doralice andava debaixo do sovaco da Mirna em “Alma Gêmea”, mas o macaco Xico vivia dentro de casa mesmo em “Caras e Bocas”. Walcyr também é capaz de fazer reviver animais extintos, em “Morde e Assopra” os dinossauros moravam debaixo da Terra, que na novela era muito da hora, tinha Sol e tudo mais. Em muitos casos, o animal costuma ser mais importante que o personagem do Rodrigo Phavanello.

Guerra de comida

O motivo de sempre ter um núcleo localizado numa fábrica de comida, padaria, butequinho ou buffet não é pra dar água na boca dos telespectadores, é só uma desculpa pra criar uma guerrinha de comida quando o Ibope da novela não for tão bem. É uma estratégia muito simples e faz até um pós-doutorando em física esboçar um sorriso. Aqui uma cena de Caras & Bocas dublada em espanhol pra dar mais dramaticidade:

Discurso do Amor

Se você for um personagem de novela do Walcyr, saiba que entre ficar milionário e acreditar numa paixão, você deve escolher a segunda opção, pois do contrário, amargará até o fim da novela. E vai ouvir da sua avó, empregada, melhor amiga: “Não adianta investir em coisas que não te trazem felicidade, o mais importante é o amor”.

Casamento que não acontece

Funciona assim, os casamentos são marcados, fica tudo preparado, mas no final das contas acontece algo que impede que os noivos digam o sim. Se tiver bolo pode rolar aquela guerrinha de comida que falamos ali em cima. Daí fica nesse vai e vem até o último capítulo, quando rola o casamento dos protagonistas e brotam pretendentes para todos os personagens solteiros da novela.

Elizabeth Savalla

Não é novela do Walcyr Carrasco se não tiver a Elizabeth Savalla, de preferência no papel de perua afetada com olhos esbugalhados:

Fica a expectativa de como vai ser no remake de Gabriela, Juliana Paes vai bater um papo com siris na beira da praia? A ver.

1 ano de Zoando na TV ~obrigado~

O nascimento desse blog foi eclipsado pela morte do Osama Bin Laden há um ano atrás. Resolvi criá-lo por um único motivo, estava profundamente incomodado com a chatice do programa da Xuxa e precisava falar isso em algum lugar. Acabou que vieram outras ideias em cascata e nasceu o Zoando na TV. De lá pra cá, consegui cativar 44 leitores fiéis, migrei parte do conteúdo para o site RD1 e a a televisão brasileira continuou dando motivos pra risada. O problema é que eu ando tendo cada vez menos tempo pra ver TV e tirar material pra novas postagens. Tá legal, isso é uma desculpa esfarrapada, mas tô aqui pra dizer para você que vou me esforçar para postar com mais regularidade. Inclusive estou vendo TV nesse momento. Um beijo.

Coisas comuns que personagens de novela não fazem

Tem coisas que todos nós fazemos, mas personagens de novela não fazem:

Uma refeição completa: As refeições em novelas se concentram em café da manhã e jantar. No primeiro, alguém da família diz que está de saída e toma apenas um gole de suco de laranja. No jantar, a refeição costuma ser interrompida por uma revelação bombástica: “Pai, eu não sou sua filha”, “Marido, eu não sou sua real esposa, sou a irmã gêmea da sua mulher, que morreu num acidente”, etc. Ou seja, não sobra apetite pra chegar até a sobremesa.

Ouvir outra música que não a música tema: A mocinha quer chorar no quarto, liga o som e toca Someone Like You. Ela entra no carro, liga o som e toca Someone Like You, versão acústica. Quando chega na balada, se joga na pista ao som de Someone Like You, versão remix. No último capítulo, quando finalmente se casa com o mocinho num sítio chiquérrimo, a orquestra  toca Someone Like You.

música triste, to chorando muito

Assistir TV: Essa é clássica, todo mundo percebe. Apesar de todas as casas do Brasil terem televisão, nas novelas a coisa funciona de outro jeito. Quando alguém tem televisão, ela raramente é assistida e se é, estará sintonizada na TV Globinho ou em algum canal Globosat.

Fazer cocô:  Tanto quanto o sexo, o cocô continua sendo tabu nas telenovelas. Já imaginou algum personagem de A Vida da Gente pedir um tempo na D.R. pra fazer número dois? Ia perder muito da delicadeza da novela, mas já que é vida da gente tinha que incluir tudo, não é mesmo?

tô apertada, amor

Acessar a internet em silêncio: Para não deixar nós telespectadores curiosos: “O que essa moça tanto vê nesse site, gente?”, os personagens sempre leem o que está escrito na tela, geralmente de forma pausada e separando as sílabas: “Na-na Gouvea faz no-vo ví-de-o nos Es-ta-dos U-ni-dos, você viu isso vó?”

po-xa, va-mos mar-car de en-con-trar sim, vc é um ta-ra-do?

 

P.S: essa lista não tem comprovação científica e se baseia somente na percepção do autor. Abjs!